Fale conosco

margem

blog

noticias

Postado em 02 de Fevereiro às 16h21

Diesel no Brasil está em média 11% abaixo da paridade internacional e gasolina, 7%, diz Abicom

O preço médio do diesel no Brasil está atualmente com uma defasagem de cerca de 11% em relação ao mercado internacional, conforme indicado por um levantamento realizado pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom). Segundo a entidade, essa defasagem poderia resultar em um aumento de aproximadamente R$ 0,45 por litro.

A Abicom também relata que nas refinarias da Petrobras, a disparidade chega a 13%, o que abre espaço para um possível acréscimo de R$ 0,50 por litro. De acordo com a associação, as janelas de importação do diesel estão fechadas há 34 dias, enquanto as da gasolina permanecem indisponíveis há 13 dias.

A Associação observa em seu boletim diário que, apesar da estabilidade no câmbio, os preços de referência da gasolina e do óleo diesel apresentaram uma valorização no mercado internacional no fechamento de sexta-feira. O cenário médio de preços está abaixo da paridade para o óleo diesel e a gasolina, conforme mencionado pela Abicom.

A refinaria privada Acelen, que detém 14% do mercado de combustíveis no Brasil, implementou um aumento de R$ 0,08 por litro no preço do diesel na última quarta-feira. Contudo, os preços permanecem 9% abaixo dos praticados no Golfo do México, região que serve como referência para os importadores brasileiros, pois abriga refinarias norte-americanas. Vale ressaltar que o último ajuste no preço do diesel pela Petrobras ocorreu há 34 dias, conforme destacado pela Abicom.

 

Fonte de pesquisa: visaoagro.com.br

ATRAQ Logística O preço médio do diesel no Brasil está atualmente com uma defasagem de cerca de 11% em relação ao mercado internacional, conforme indicado por um levantamento realizado pela...

    Veja também

    Milho silagem: produtividade fica abaixo das expectativas21/12/23 O cenário atual indica que a área plantada de milho silagem permanece em cerca de dois terços da área planejada, de acordo com as informações do Informativo Conjuntural da Emater/RS. A principal atividade concentra-se no corte e na conservação da massa vegetal destinada à produção de silagem. Os resultados obtidos são diversos e......
    Setor de agronegócio amplia movimentação de FIDCs07/07/23 No primeiro trimestre de 2023 o setor de agronegócio no Brasil registrou um aumento de 9,7% nas movimentações em Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs), se comparado com o mesmo período do ano anterior. Foram......
    RS deverá ter a maior produção de trigo da história10/06/22 O Rio Grande do Sul deverá colher a maior Safra de Inverno em 2022, com uma perspectiva de produção total de 5 milhões de toneladas de grãos (aumento de 11,9% em relação ao ano anterior), sendo 3,9......

    Voltar para Notícias


    Uso de Cookies


    Nós utilizamos cookies com o objetivo de oferecer a melhor experiência no uso do nosso site. Ao continuar sua navegação, você concorda com os nossos Termos de Uso.